terça-feira, 4 de setembro de 2012

A casta Fernão Pires.

Isto é um exemplar da casta Fernão Pires aquela que aumenta o teor alcoólico de um determinado lote de vinho tinto ou branco..mais uns dias e começam as vindimas.


6 comentários:

J.Lopes disse...

Bom dia Amigo Fernando
Já ouvi falar muito dessa casta,será possível arranjares uns "garfos" para enxertar aqui numas vinhas novas que cá tenho?

Um abraço
J.Lopes

Tubaral disse...

Eu gostava saber que castas tenho lá no Tubaral! Será possível? se sim como o posso fazer?
Um abraço

Anónimo disse...

Ainda bem que reconsiderou quanto aos comentários, nada fere tanto a liberdade como a generalização de uma limitação a todos por causa de alguns.
Acredite fico feliz por ter reconsiderado, é que as diferenças e até a estupidez e ignorancia combatem-se com palavras e ideias.
Um grande abraço livre.

QUINTA DA FONTE COBERTA disse...

Boa tarde, posso arranjar mas pode acontecer como umas que já levei para a minha terra natal..aqui na Fonte Coberta são muito boas e produzem bem e lá a 100km daqui (para o interior) ainda estão muito atrasadas e estou espectante quanto ao que irá acontecer.

Cumprimentos,
Fernando

QUINTA DA FONTE COBERTA disse...

Sim isso é possível quanto ás principais castas que têm aspectos fáceis de identificar...mas existem muitas castas regionais que mudam de nome consoante a localidade, por exemplo: aqui existe a casta Rabo de Ovelha que na minha terra natal tem o nome de Esgana cão. Na net existem bastante literatura quanto a isso. Mas fica um bom mote para desenvolver uma publicação com as principais castas e fotos que permitam identificar.

Cumprimentos,
Fernando

QUINTA DA FONTE COBERTA disse...

Obrigado, fiquei bastante desiludido até porque detesto não ter a liberdade para poder comentar qualquer coisa na net...mas a minha maior desilusão foi o insulto gratuito só mesmo para estorvar.

Cumprimentos,
Fernando